sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Pudim Flan à Medida


Existem dias que não tenho pachorra para burocracias sejam elas de que tipo forem, neste espaço são as medidas e pesos culinários, por isso hoje resolvi fazer uma sobremesa que não precisasse de usar balança, apenas usei uma simples chávena, mas também poderia ter usado qualquer outro tipo de medida, apenas tive de me preocupar em encher uma medida de ovos e outras tantas com os outros ingredientes, nada mais simples e assim fiquei com um pouco de tempo extra para fazer este post... no poupar é que está o ganho. 


Ingredientes:

1 medida ovos
1/2 medida açúcar
1+1/2 medida de leite
1 clh. chá aroma de baunilha
caramelo líquido q.b.


Preparação:

Escolha uma medida que queira utilizar na elaboração do pudim, no meu caso escolhi uma chávena de chá, depois vá enchendo-a com os ingredientes acima indicados e segundo as quantidades.
Numa tigela misture o açúcar com os ovos e bata bem, depois junte o leite e o aroma de baunilha.
Unte com caramelo os ramequins/taças que possam ir ao forno ou uma forma grande, deite o preparado dentro e leve em banho-maria ao forno pré-aquecido a 180º cerca de 40 minutos.


sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Trifle de ginja


Digo-vos, esta sobremesa é fantástica, o contraste entre doce do bolo, as natas batidas não muito doces e o creme de ginja um pouco agridoce é simplesmente fabulástico, tem é de estar bem fresca.


Ingredientes:

Bolo
3 ovos
peso dos ovos em açúcar
metade peso dos ovos em farinha
1 clh. chá pó royal

Cremes
2 dl natas
1 pacote açúcar baunilhado

creme de ginjas


Preparação:


Para este trifle, aconselho a prepare o creme de ginja no dia anterior, para estar bem frio, pode ver a preparação aqui.

Prepare o bolo batendo as gemas com o açúcar muito bem até obter um creme esbranquiçado, depois junte a farinha e o fermento em pó, intercalando com as claras batidas em castelo. Leve depois ao forno a 180º, cerca mais ou menos 20 minutos ou até ver que está cozido.
Enquanto o bolo coze, basta as natas muito bem com o açúcar baunilhado e leve ao frio.
Depois do bolo frio, numa taça grande ou em várias taças mais pequenas, vá alternando camadas de bolo, natas e creme de ginja.

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Feijoada de Pato


Uma pata pode pôr por ano entre 45 a 60 ovos, sendo as mesmas que chocam os ovos e criam os patinhos, se lhe forem retirados os ovos, podem mesmo pôr 100 ovos num ano. Em cada postura põem cerca de 15 a 20 ovos e depois de 30 dias de incubação, nascem os patinhos.
Os patos são também aves com uma alimentação variada, que pode passar por rações, caracóis, ervas, etc., no entanto existe menos criação de patos do que de galinhas, porque estas últimas tem muito mais carne o que as torna mais baratas,


Ingredientes:

1 kg de feijão branco
1 pato
1 cebola
2 dentes alho
1 folha de louro
2 dl azeite
2 dl vinho branco
água q.b.
3 tomates maduros
2 cenouras
2 latas de feijão branco
sal, pimenta e piripiri q.b.

Preparação:

Demolhe o feijão durante 24 horas e depois coza-o com um pouco de sal.
Corte o pato em pedaços e tempere de sal e pimenta.
Numa frigideira anti-aderente leve o pato a corar, não necessita juntar gordura visto o pato ser uma ave que contém imensa gordura e com o processo de corar iremos retirar o excesso de gordura.
Num tacho junte a cebola e o alho picado, a folha de louro, o azeite e deixe alourar um pouco.
Depois do refogado pronto, junte o pato, o vinho, o tomate cortado em pedaços, a cenoura em rodelas grossas, a água e deixe cozer.
Quando o pato estiver cozido, junte o feijão e um pouco do caldo em que ele cozeu.
Deixe voltar a ferver e retifique os temperos, aproveitando para juntar um pouco de piripiri.


terça-feira, 2 de agosto de 2016

Bolo Cubano


Adquiri uma forma de bolo nova para a minha cozinha, como se não tivesse as necessárias... ahaha, por isso tive logo de fazer o teste da respectiva forma.


Ingredientes:

Bolo
400 g de açúcar
2,5 dl leite morno
150 g de manteiga
4 ovos
250 g de farinha
2 clh. sobremesa de fermento
1 clh. clhá de canela
125 g de coco

Cobertura
100 g açúcar
1 clh. sopa de manteiga
1 dl de leite
coco torrado q.b.


Preparação:

Numa frigideira, leve metade do açúcar (200g) ao lume até fazer caramelo, junte o leite e deixe ferver novamente até derreter completamente.

Numa tigela, bata o restante açúcar com a manteiga à temperatura ambiente e as gemas.

Junte depois os elementos secos (farinha, fermento em pó, canela, coco), intercalando com o leite de caramelo, por fim junta as claras batidas em castelo.
Levar ao forno pré-aquecido a 180º, em forma untada, aproximadamente cerca de 40 minutos, ou até verificar que está cozido.
Enquanto o bolo coze, prepare a cobertura, para isso deixe caramelizar o açúcar, sem queimar demasiado, juntando logo de seguida o leite quente, a manteiga e deixando depois derreter tudo.
Depois de desenformar o bolo e ele ter arrefecido, vaze a cobertura por cima do bolo, para enriquecer o bolo pode ainda polvilhar com coco torrado.

domingo, 31 de julho de 2016

Massa com curgete


Mais uma sugestão de marmita, para levarmos para o trabalho ou os filhotes para a escola, uma versão mais virada para os legumes e que a minha filha adora.



Ingredientes:

massa esparguete q.b.
1 curgete
1 dente de alho
queijo parmigiano reggiano em pó q.b.
sal q.b.


Preparação:

Coza a massa em água temperada de sal e com um pedaço muito pequeno de margarina. Depois de cozida, escorra e deite na marmita.
Descasque a curgete, não na totalidade, deixando alguns laivos verdes e corte-a em fatias finas.
Numa frigideira deite um fio de azeite, o alho picado e salteie a curgete, não deixando cozinhar de mais.
Deite a curgete já cozinhada por cima da massa e polvilhe com queijo em pó por cima.


sábado, 30 de julho de 2016

Creme de Mirtilos Silvestres


Mais uma sugestão de recheio para um bolo.

Ingredientes:

1 frasco de 540 g de mirtilos em calda (dá 205g de mirtilos depois de escorridos)
3,5 dl calda (calda do frasco)
100 g de açúcar
3 clh. sopa de farinha maizena
1 clh. café de canela


Preparação:




Leve ao lume um tacho com a calda dos mirtilos, a canela, o açúcar e a maisena diluída à parte com um pouco de água e deixe ferver, junte depois as ginjas.




Sugestão: Bolo de Mirtilos Silvestres


quinta-feira, 28 de julho de 2016

Quiche de Requeijão e Alho Francês



Calor e mais calor... não apetece comer, não apetece trabalhar... por isso à que simplificar e nada mais simples que uma quiche, cá em casa sempre acompanhada de uma salada.



Ingredientes:

1 base massa quebrada
1 alho francês
2 dl de natas
4 ovos
200 g requeijão de vaca
80 g queijo ralado mozzarella
alecrim q.b.
sal e pimenta q.b.


Preparação:

Forre uma forma com a massa quebrada e pique o fundo com um garfo.
Corte o alho francês em rodelas finas e coloque na forma.
Num copo bata as natas com os ovos e tempere com sal e pimenta, vaze o preparado por cima do alho francês.
Coloque agora pedaços de requeijão e algumas folhas de alecrim, por fim polvilhe com o queijo ralado
Forno pré-aquecido a 180º, até estar a massa cozida.




quinta-feira, 14 de julho de 2016

Tarte Folhada de Amêndoa


As amêndoas, tal como as nozes e as castanhas, são os frutos secos mais apreciados cá em casa, pelo que de vez em quando são visitas da casa.


Ingredientes:

2,5 dl leite
1 pacote açúcar baunilhado
1 cascas de limão
50 g de açúcar
40 g de farinha
1 ovos inteiro
2 gemas

1 base massa folhada retangular
250 g de amêndoa


Preparação:

Ferva o leite com a casca de limão e o açúcar baunilhado.
Num tacho coloque o açúcar, a farinha, os ovos, as gemas e mexa tudo, depois vá juntado e mexendo aos poucos o leite já fervido.
Leve o tacho a lume brando e vá mexendo sempre até o creme começar a ferver e engrossar, depois retire do lume e mexa energicamente com uma vara de arames.

Abra a massa folhada e pique-a com um garfo, depois dos lados faça uma dobra muito fina e coloque por cima o creme, seguido das amêndoas inteiras.

Forno pré-aquecido a 200º, cerca de 30 minutos ou até achar que já estão as amêndoas douradinhas, bem como a massa folhada.
No final, pincele com geleia de maçã para dar brilho.


domingo, 19 de junho de 2016

Bolo Aniversário Priminha (2016)


Mais um aniversário, desta vez o da Soraia, filha de um primo meu, ela faz hoje 11 anos e é uma menina linda, ela pediu se eu lhe fazia o bolo de aniversário deste ano e eu aceitei o desafio dela, e cá está o resultado, espero que gostes muito do teu bolinho e esteja delicioso, preparei-o com todo o carinho. Feliz Aniversário priminha!!

O interior é de pão de ló e o recheio é de de creme Paixonata (sabor Ferrero Rocher).






sexta-feira, 17 de junho de 2016

Bolo Aniversário Mãe (2016)


Mais um ano passado, o tempo "voa" mesmo, e mais um aniversário da minha mãe, hoje não me apetece dizer aquelas coisas que se costuma dizer para expressar o amor que temos pelas nossas mães, apetece-me apenas sentir o abraço que lhe dei logo pela manhã antes de ir para o trabalho, não existem palaves que expressem esse momento, só sentindo.


Ingredientes:

6 ovos
250 g de açúcar
80 g farinha batata
50 g farinha trigo
1 clh. chá fermento pó
recheio de mirtilos silvestres (a postar)
150 g de miolo de amêndoa laminada torrada
4 dl de natas
1 clh. sopa de açúcar
2 saqueta de açúcar baunilhado (8 g)

Preparação:

Numa tigela misture muito bem o açúcar com as gemas até obter um creme fofo.
Junte depois a farinha de batata, a farinha de trigo, o fermento em pó, e misture tudo.

Bata as claras em castelo muito bem e envolva no preparada anterior.
Unte uma forma com e verta o preparado anterior, leve ao forno já pré-aquecido a 180º, cerca de mais ou menos 20 minutos.
Enquanto o bolo coze, aproveite para batar as natas com 1 colh. sopa de açúcar, o açúcar baunilhado e use um fixador de natas ou folhas de gelatina , como preferir, para que o chatilly fica mais firme. Depois de cozido, desenforme e deixe o bolo arrefecer, depois de frio corte-o de modo a ficar com as camadas que desejar, depois recheie as camadas interiores com um pouco de chantilly e o recheio de mirtilos silvestres. Depois do bolo montado, barre-o com chantilly e decore-o com amêndoa laminada torrada e o creme de mirtilos, que deverá reservar no início da elaboração do bolo.

 

Papinha Doce Template by Ipietoon Cute Blog Design