Sopa do Vidreiro (Marinha Grande)

segunda-feira, 25 de Agosto de 2014


Receita tradicional da região da Marinha Grande em Portugal.


A profissão de vidreiro é extremamente dura porque o vidro tem de ser colhido dos fornos a altas temperaturas (...). A transpiração era e é compensada com muita água que o trabalhador tinha que beber e a comida tinha que ter o maior valor nutricional possível, para resistir ao esforço que era exigido.
Assim nasceu a "sopa de bacalhau" com elevadas calorias, proteínas, gorduras e hidratos de carbono (...).  O almoço e o jantar, no caso dos turnos era transportado pelas mulheres ou pelos filhos num cesto de verga e consistia num tacho com a sopa de preferência bem "enxuta" para que não se entornasse durante o caminho (...).
In, http://confrariadasopadovidreiro.com/historia.html



Ingredientes:
4 pessoas

4 postas baixas de bacalhau
500 g de batatas
meia broa dura
meio pão saloio duro
4 ovos
6 dentes de alho
8 clh. sopa de azeite
hortelã (se gostar)


Preparação:

Coza o bacalhau num tacho com água e depois de cozido retire o bacalhau e reserve.
Na água de cozer o bacalhau cozem-se as batatas já descascadas e cortadas às rodelas grossas.
Numa tigela parte os dois tipos de pão em pedaços pequenos, por cima coloca o alho picado e o azeite.
Limpa o bacalhau das espinhas maiores e de peles e coloque por do pão na tigela.
Entretanto quando as batatas estiverem cozidas coloca-as por cima do bacalhau na tigela, enquanto os ovos são escalfados na água onde cozeu o bacalhau e as batatas.
No fim coloca os ovos escalfados por cima das batatas, umas folhas de hortelã e alguma água da cozedura dos ingredientes.



Adaptado: http://confrariadasopadovidreiro.com/SopaVidreiro.html

Bolo de Maracujá

quinta-feira, 21 de Agosto de 2014



Este é um bolo muito suave e fofo que se desfaz na boca, tal como todos os que levam buttermilk, na minha modesta opinião.

Ingredientes:

220 g de açúcar
250 g de manteiga amolecida
3 ovos
180 ml de buttermilk (leitelho)
60 ml de polpa de maracujá
300 g de farinha
1 clh. fermento em pó

140 g açúcar em pó (peneirado)
2 clh. sopa de polpa de maracujá


Preparação:

Numa tigela bata muito bem o açúcar com a manteiga até fazer um creme e depois junte as gemas uma a uma, mexendo muito bem entre cada adição.
Junte depois a polpa de maracujá, o leitelho e envolva bem, ao mesmo tempo que pode ir entrecalando com a farinha já com a colher de fermento em pó.
Por fim bata as claras e envolva suavemente.
Deite o preparado numa forma bem untada de manteiga e farinha (usei uma forma redonda de 23 cm).
Forno pré-aquecido a 180º, cerca de 45 a 50 minutos. Depois de cozido desenforme e deixe o bolo arrefecer.
Depois do bolo frio barre o topo com o glacé de maracujá: junte os 140 g de açúcar em pó peneirado com 2 colheres de sopa de polpa de maracujá, com ou sem sementes, conforme preferir.




Torta de Laranja e Amêndoa

sábado, 9 de Agosto de 2014


Esta versão da torta de laranja é espetacular, principalmente se for servida fresquinha.


Ingredientes:

550 g de açúcar
9 ovos
1 e meia laranja de raspa e sumo
60 g de Vaqueiro líquida
100 g de amêndoa triturada
2 clh. sopa mal cheias de farinha
1 clh. chá mal cheia de pó royal


Preparação:

Numa tigela junte a Vaqueiro líquida com o açúcar e bata muito bem.
Depois vá juntando aos poucos a raspa e o sumo da laranja, a amêndoa moída e os ovos um a um, mexendo muito bem entre cada adição.
No final junte a farinha peneirada e o pó royal e envolva bem sem deixar grumos.
Forre um tabuleiro com papel vegetal e unte com um pincel antes e depois do papel vegetal com a vaqueiro líquida.
Forno pré-aquecido a 180º, cerca de 15 a 20 minutos.
Desenforme em cima de um pano de cozinha polvilhado com açúcar e enrole logo em quente, no entanto só retire a torta do pano quando ela
estiver quase fria.

A Vaqueiro líquida é muito fácil de usar, porque já se encontra em estado líquido sem ser necessário estar a derreter a margarina e tem uma textura muito boa a bater o que irá resultar em bolos mais fofos e delicados. Também utilizo muito para untar formas com um pincel.


Taça fresca de iogurte e morango

quinta-feira, 31 de Julho de 2014



Estas foram umas taças frescas improvisadas com o que tinha em casa para servir de sobremesa num jantar para uma amiga da filhota.

Ingredientes:

0,5 l de gelatina de morango
iogurte tipo grego (usei caseiro)
compota de morango q.b. (usei caseira)
10 palitos de la reine
amendoins descascados q.b.


Preparação:

Prepare a gelatina conforme as instruções da embalagem deite numa taça baixa de modo a que fique com mais ou menos a altura de 3 cm e leve ao frio até ela solidificar.
Depois de solidificada corte a gelatina em cubos e reserve.
Em cada taça faça camadas na seguinte ordem: cubos de gelatina, um palito de la reine cortado em pedaços pequeninos, iogurte tipo grego, compota de morango, amendoins e por fim um palito de la reine para decorar.
Levar ao frio até servir.



Bolo Tarte de Nectarina

sexta-feira, 25 de Julho de 2014


Esta é uma versão do Bolo Tarde de Maçã, que postei aqui, mas só que desta vez usei outra fruta, as nectarinas.
Para dar um maior colorido ao bolo lavei as nectarinas mas não lhes retirei a casca.
Como nem todos apreciam nectarinas coloquei também maçã.





Compota de Morango na MFP

sexta-feira, 18 de Julho de 2014



Para utilizar no fundo dos copos do iogurte que preparo na minha iogurteira, gosto de colocar por vezes uma colher de sobremesa de compota.
Como é uma compota que vai ser consumida em pouco espaço de tempo, não necessita de apurar muito e também assim fica mais liquída o que facilita a colocação nos copos. Para fazer estas compotas uso a máquina de fazer pão (MFP).
Esta compota também é muito boa para decoração em sobremesas (mais tarde posto um exemplo).



Ingredientes:

1 Kg de morangos
1 Kg de açúcar

4 folhas de gelatina (opcional)



Preparação:

Para a preparação da compota uso na minha mfp o programa nº 11 de compotas, que demora aproximadamente uma hora e vinte minutos.
É só colocar os morangos lavados, sem o pé e cortados aos pedaços no fundo da taça da mfp, por cima o açúcar e deixar a máquina fazer o resto sozinha.
Depois do programa terminar, retira o preparado para uma tigela e bater com a varinha mágica.
Como já tinha dito este doce não apura muito, logo fica mais líquido e por isso se desejar pode juntar umas folhas de gelatina já demolhadas e mexer até as diluir para que depois da compota fria fique mais consistente.
Depois de frio é só guardar no frasco grande e utilizar sempre que quiser nos iogurtes, colocando uma quantidade de compota no fundo dos copos da iogurteira.


Lombinho com Farinheira

segunda-feira, 14 de Julho de 2014



Esta receita de lombinho de porco com farinheira é adorada pela minha filha e parece que pela amiga dela, agora que a provou cá em casa.
A pedido da Neli, aqui fica a receita.


Ingredientes:

3 lombinhos de porco
2 ou 3 farinheiras, conforme o tamanho dos lombinhos
batatas pequenas novas
2 colh. sopa massa de pimentão
sal q.b.
1,5 de azeite
2,5 dl de vinho branco
cordel de cozinha
meia broa de milho


Preparação:

Corte os lombos de porco de modo a poder espalmá-los e reserve.
Descasque as batatinhas, como são novas basta raspar com uma faca que a pele sai facilmente.
Retire a pele à farinheira com um golpe lateral ao longo de toda ela.
Enrole a carne com a farinheira em forma de rolo no centro e ate com cordel de cozinha muito bem apertado.
Num tabuleiro disponha os lombinhos recheados e as batatinhas.  Tempere com um pouco de sal, massa de pimentão, azeite e um pouco de vinho branco.
Leve a forno pré-aquecido a 200º até a carne e batatas estarem cozidas, nesse tempo não se esqueça de virar a carne e batatinhas para ganharem cor de ambos os lados.
Uns dez minutos antes de retirar do forno coloque por cima pedaços de broa de milho, para torrar um pouco.
Antes de levar à mesa não se esqueça de retirar o cordel.





Papinha Doce Copyright © 2009 Designed by Ipietoon Blogger Template for Bie Blogger Template Vector by DaPino