terça-feira, 25 de abril de 2017

Tiramisú de Lima


Esta é uma sobremesa fresca e muito agradável, para quem gosta de uma sobremesa não muito doce.

Ingredientes:

1 pacote de natas (200 ml)
140 g de açúcar
2 iogurtes gregos (120 g cada um)
250 g de queijo mascarpone
200 g de palitos "la reine"
3 cafés
1 tampa de rum
3 limas (sumo e raspa)
cacau em pó, q.b.


Preparação:

Comece por tirar os cafés para um prato fundo e junte a tampinha de rum.
Bata as natas até ficarem em tipo chantilly, depois junte o sumo das limas aos poucos, batendo sempre, depois junte o açúcar.
Envolva no preparado os iogurtes, o queijo mascarpone.

Molhe os palitos um a um no café (não deixe ensopar demais) e disponha uma camada num tabuleiro, por cima deite metade do creme e polvilhe com raspas de lima. Volte a fazer uma camada de palitos, humidificados no café e por cima o restante creme. Leve ao frio por umas horas, o ideal é fazer no dia anterior ao que for usar o tiramisú.

Quando for servir o tiramisú, polvilhe de cacau e por cima de raspa de lima.


sexta-feira, 21 de abril de 2017

Enroladinhos de Peixe Espada


O preço do quilo do filete de peixe espada preto, está um pouco abusivo, mas é na realidade um filete fantástico e delicioso.

Ingredientes:

12 filetes de peixe espada preto
sal e pimenta branca q.b.
sumo e raspa de limão
12 fatias grandes de bacon
1 ovo cozido
1 dl azeite
0,5 dl de vinagre
1 colh. café de mostarda
salsa q.b.
palitos

Preparação:

Tempere os filetes com sumo de limão, pimenta branca, um pouco de sal e deixe marinar por umas horas.
Enrole os filetes e envolva com uma fatia de bacon, prendendo com um palito.
Por cima dos rolinhos, deite o líquido da marinada e um fio de azeite, depois leve ao forno a 180º, cerca de 20 minutos.
Num copo misturador, deite o ovo cozido, a mostarda, o azeite, o vinagre, umas folhas de salsa, um pouco do líquido do assado no forno, e bata com a varinha mágica. Na hora de servir, vaze este molho por cima dos rolinhos.



segunda-feira, 17 de abril de 2017

Pavlova


A Pavlova, foi criada em homenagem à bailarina russa Anna Pavlova (1881-1931), que em 1926 foi apresentar um solo na Austrália e Nova Zelândia, e em um dos dois países, não se tem a certeza em qual, foi criado este doce para lhe prestar homenagem.
A Pavlola é feita batendo-se as claras com um pouco de sal, antes de adicionar o açúcar, o vinagre, a baunilha e a maizena, o que faz o seu interior macio e o seu exterior crocante, é decorada com creme batido e frutas.

Ingredientes:

6 claras à temperatura ambiente
1 pitada de sal
250 g açúcar
2 clh. sopa (mal cheias) de maizena
1 clh. chá de vinagre branco
1 clh. café de baunilha

6 gemas
125 g de açúcar
1,5 dl de água

4 dl de natas
4 clh. sopa açúcar

frutos vermelhos, q.b.

Preparação:

Separe as gemas das claras, e bata estas últimas em castelo, adicionado a pitada de sal, junte depois os 250g de açúcar, até ficar um merengue brilhante e firme, depois a maizena peneirada, a baunilha e o vinagre, envolvendo suavemente com movimentos de cima para abaixo.
No papel vegetal, marque um círculo  com cerca de 26 cm de diâmetro, depois unte-o com manteiga e coloque num tabuleiro.
Espalhe o merengue em cima do círculo do papel vegetal e dê-lhe a forma de um ninho.
Leve ao forno pré-aquecido  a 140ºc, durante 1 hora e 10 minutos. Passado o tempo, desligue o forno e deixe arrefecer totalmente a pavlova dentro do forno.
Entretanto, prepare o doce de ovo, levando ao lume a água com o açúcar, depois de ferver, conte 5 minutos e deverá já estar numa calda ponto de pérola forte.
Vá juntando a calda aos poucos, às gemas, mexendo sempre para não cozer as gemas, depois leve novamente ao lume, até engrossar. Deixe arrefecer.
Batas as natas (bem frias) até ficarem consistentes, juntando as duas colheres de açúcar.
Coloque a pavlova num prato e encha o centro, com as natas, por cima as frutas e por fim o doce de ovo.


quarta-feira, 12 de abril de 2017

Pão-de-ló de Arroz


Feliz Páscoa!!
Esta é a época de esquecer as mágoas e libertar o coração.

Ingredientes:

10 ovos
350 g de açúcar
2 clh. chá fermento pó
250 g de farinha de arroz
sal, uma pitada

Preparação:


Bate as gemas com o açúcar até ficar um creme esbranquiçado.

Batem-se as claras em castelo, com o uma pitada de sal, até ficarem firmes.
Adicione a farinha com o fermento, no creme de gemas, intercalando com as claras batidas.
Unte uma forma com manteiga e farinha, vaze o preparado e leve a forno moderado (180º) até estar cozido.


sexta-feira, 7 de abril de 2017

Molotof de Claras e Nozes


Quando a palavra Páscoa e televisão se associam no meu cérebro, surge logo o nome do filme "Ben-Hur", o clássico protagonizado por Charlton Heston, já vi esse filme dezenas de vezes, a primeira vez ainda a preto e branco. Sempre que vejo o filme, acabo emocionada... embora o tema principal do filme seja "a vingança" de Ben-Hur contra um amigo de infância, o que na realidade  me leva às lágrimas é algumas das cenas entre Ben-Hur, a mãe e a irmã. Enfim, tenho de ver nos guias de TV se este ano vai dar...


Ingredientes:

12 claras
12 colh. sopa açúcar
100 g nozes
manteiga para untar


Preparação:

Unte uma forma grande de chaminé com manteiga. Reserve.
Pré-aqueça o forno a 200º com um tabuleiro com água, preparando assim um banho-maria.
Bata as claras com a pitada de sal, até estarem muito bem batidas em castelo. Quase no final de as bater junte o açúcar e as nozes trituradas.
Deite o preparado na forma e leve ao forno em banho-maria cerca de 10 a 12 minutos (conta-se um minuto por clara). Enquanto coze não deve abrir a porta do forno.
Depois de cozida, desliga o forno e deixa a molotof no forno cerca de 20 minutos a repousar, depois desenforme logo de seguida.

sábado, 1 de abril de 2017

Broas de Abóbora e Batata Doce



Em Abril, um pão e um merendil.                                                                                                                   Provérbio Tradicional Português


Ingredientes:

1 kg farinha 
250 g farinha de milho
500 g batata doce em puré
750 g de abóbora em puré
300 g de açúcar
2,5 dl de leite morno
4 ovos
4 colh. (chá) de fermento biológico seco
2 colh. chá de erva-doce 
1 colh. chá de canela
1 colh. chá de sal grosso


400 g de nozes
200 g de amêndoa 

Preparação:

1º Descascar as batatas e a abóbora e cozer em tachos separados. Depois de cozido, escorrer e preparar o puré.

2º Começar por preparar o pré-fermento, juntando numa tigela metade da farinha, o fermento, o leite morno e mexer.

3º Juntar os dois purés e a restante farinha, amassar.

4º Acrescente os ovos batidos, o sal, a erva-doce, a canela e amassar muito bem.

5º Adicione os frutos secos e envolva.

6º Tape com um pano e deixe levedar em local aquecido, no mínimo por duas a três horas.


7º Depois da massa levedada, retire pequenas porções de massa, e em cima de uma mesa polvilhada generosamente com farinha, molde pequenas broas sub-compridas.


8º Levar a cozer em forno pré-aquecido a 180º, até as broinhas estarem cozidas e douradas.







quinta-feira, 30 de março de 2017

Molho de Pimento Vermelho

Quem em novo não trabalha, em velho come palha.                                                                                                             Provérbio Tradicional Português

Excelente molho para acompanhar com carne de frango, por exemplo.

Ingredientes:

2 pimentos vermelhos
1 cabeça de alho
2,5 dl de azeite
1 colh. sobremesa de folhas manjericão picado


Preparação:

Asse os pimentos até ver que a pele se solta, depois coloque o pimento dentro de um saco, feche e deixe ficar assim por 5 minutos, verá que depois a pele sai muito mais facilmente.
Corte o pimento em pedaços e triture juntamente com os alhos descascados e o azeite, depois é só juntar o manjericão picado.


domingo, 26 de março de 2017

Muffins de Pepitas



A primeira vez que ouvi a música "Algo Estranho Acontece" do António Zambujo, foi num espetáculo ao vivo no CCB (Centro Cultural de Belém) em Lisboa, e durante a sua magistral interpretação, e com os olhos a "bailar" em água, pensei - é esta a minha filosofia de vida - e como uma única canção é capaz de a definir totalmente. Espero daqui a alguns anos eu poder dizer no fim, "eu vivia tudo novamente".

Algo Estranho Acontece




Ingredientes:

150 g de açúcar

1 ovo
100 g de manteiga
300 g de farinha
2 clh. chá de fermento
2,5 dl de leite
100 g de pepitas de chocolate

Preparação:


Misture o açúcar com a manteiga derretida e o ovo inteiro.
Depois junte a farinha e o fermento, intercalando com o leite.
Por fim junte as pepitas de chocolate, apenas envolvendo suavemente.
Coloque forminhas de papel frisado em formas de queques, e encha-as um pouco mais que pelo meio.
Forno pré-aquecido a 200, cerca de 15 minutos, ou até ver que estão cozidos.


sábado, 18 de março de 2017

Cheesecake de Morango


Quando Março sai ventoso, sai Abril chuvoso.                                                                                                                                           Provérbio Tradicional Português


Ingredientes:
(forma ∅ 26 cm)

Base
200 g bolacha Maria (1 pacote)
60 g açúcar louro
½ clh. chá de canela
125 g manteiga s/ sal, derretida
Recheio
500 g de queijo creme
4 dl de natas, bem frias
2 clh. sopa sumo de limão (± 1 limão)
150 g açúcar
7 folhas de gelatina
Cobertura
400 g de morangos
75 g de açúcar
2 folhas de gelatina


Preparação:

Com papel vegetal, forre o fundo de uma forma de aro amovível, eu usei uma forma de 26 cm, e unte os aros com um papel de cozinha, embebido em óleo.
Base
Junte as bolachas, o açúcar e a canela, num triturador, depois junte a manteiga derretida e volte a triturar, até ficar tudo humedecido, com a gordura.
Coloque a mistura no fundo da forma, calque muito bem e leva ao frigorífico até enrijar.
Recheio
Coloque as folhas de gelatina a demolhar em água.
Numa tigela, bata o queijo creme, depois aos poucos vá juntando as natas bem frias, depois em fio o sumo de limão, bata até o creme começar a engrossar, aí junte o açúcar aos poucos e bata até ficar consistente.
Escorra as folhas de gelatina e dissolva-as com duas colheres de sopa de água bem quente, deixe arrefecer um pouco e junte ao preparado, envolvendo suavemente.
Vaze o preparado na forma, e leve novamente ao frio, por umas horas.
Cobertura
Demolhe as folhas de gelatina.
Depois de lavar os morangos e retirar-lhes o pé, corte-os em pedaços e leve-aos ao lume num tacho, juntamente com o açúcar, durante 5 minutos, depois retire do lume e bata com a varinha mágica e junte depois as folhas de gelatina escorridas e mexa para dissolver. Deixe quase arrefecer totalmente, depois vaze por cima do cheesecake, decore com morangos e leve novamente ao frigorífico por umas horas, depois é só desenformar com cuidado.

Adaptado: Livro "A minha Cozinha 2" de Clara de Sousa

quinta-feira, 9 de março de 2017

Recheio para Aves



vintagechildrensbooks.com
Era uma vez uma galinha, que morava com seus pintainhos numa quinta e um dia ela percebeu que o trigo estava dourado e pronto para ser colhido para fazer pão, para todos na quinta. Como era muito trabalho, resolveu pedir ajuda aos outros animais da quinta:
- Quem me pode ajudar a ceifar e moer o trigo?
- Eu é que não, disse o porco. Estou com muito sono.
- Eu é que não, disse o pato. Estou muito ocupado.
- Eu é que não, disse o rato. Acabei de almoçar.
Todos os seus amigos, disseram que não. 

Então, a galinha fez tudo sozinha: ceifou o trigo, moeu a farinha e preparou o pão.
Quando o pão ficou pronto... todos queriam provar o pão, e então a galinha disse:
- Quem foi que me ajudou a colher e preparar o trigo, para fazer o pão?

Todos ficaram calados, pois nenhum tinha ajudado.
- Então - disse a galinha - quem vai comer o pão, sou eu e meus pintainhos, vocês podem continuar a descansar. - disse a galinha aos outros preguiçosos.


Esta era a história que nos contavam na escola, para incentivar o nosso espírito de interajuda e cooperação. Nessa idade, temos a certeza que jamais iremos ser como os animais preguiçosos da quinta, iremos sempre ajudar. A realidade é que todos nós muitas vezes já nos comportamos como o porco, o pato e o rato. Mas também é bem verdade que muitas vezes já fomos como a galinha, e com o passar dos anos, o casamento e os filhos, todas as mães de família são mais "galinhas".

Ingredientes:

200 g peito de frango
1 farinheira
1 ovo inteiro
3 gemas ovo
1/2 pimento vermelho
50 g de passas
1 colh. sopa de pão ralado
pimenta branca q.b.
sal q.b.
salsa, a gosto

Preparação:

Coloque as passas durante 30 minutos a demolhar num pouco de vinho branco.
Retire a pele da farinheira e pique-a juntamente com o peito de frango, na picadora.
Numa taça misture as carnes, o ovo, as gemas, a salsa picada, as passas escorridas do vinho e o pão ralado.
Junte depois o pimento cortado em cubos pequenos e envolva.
Por fim, tempere com sal e pimenta e depois é só rechear a ave.



quinta-feira, 2 de março de 2017

Donauwelle (Onda Danúbio)


Este é um bolo tradicional da Alemanha e Áustria, e tem como elementos principais as ginjas, um creme mousseline e uma massa bolo mármore, o acabamento do bolo é feito com um garfo, dando-lhe um aspecto ondulado.

Ingredientes:


Bolo
3 ovos
140 g de açúcar
1 colh.chá de baunilha
1 dl de óleo
1, 5 dl + 1 colh.sopa de leite
230 g de farinha c/ fermento
2 colh.chá de cacau
400 de cerejas ou ginjas em calda
Calda
1,5 dl de água
2 colh.sopa de ginjinha (ou rum)
1 colh.sopa de açúcar
Creme mousseline
2,5dl de leite
1 colh.chá de baunilha
100 g de açúcar
1 ovo
1 gema
55 g de maizena
140 g de manteiga (temperatura ambiente)

Preparação:

Escorra as gingas e enxugue-as com papel absorvente de cozinha, e envolva-as com farinha, para durante a cozedura elas não afundarem muito.
Unte uma forma quadrada (20x20cm) ou uma redonda (20cm), forrando o fundo com papel vegetal.
Comece por preparar o bolo, batendo durante 10 minutos, o açúcar com os ovos, o açúcar até ficar um creme fofo e esbranquiçado. Junte o óleo e a baunilha, depois junte a farinha e o leite aos poucos e alternadamente.
Separe um terço da massa para outra taça e junte o cacau e a colher de leite, mexendo.
Vaze a massa branca na forma e alise, depois delicadamente deite por cima a massa de cacau, sem misturar as duas massas, por cima coloque as gingas uma a uma, pressionando um pouco.

Enquanto o bolo coze, prepare a calda, misturando a água, o açúcar e o licor e misture até dissolv
er o açúcar.

Para o creme mousseline, aqueça o leite e a baunilha até começar a ferver.
À parte bater o ovo, a gema, o açúcar e a maizena e mexer bem, depois juntar o leite aos poucos e levar ao lume até engrossar, depois coloque numa tigela e cubra com papel celofane, deixando arrefecer. Depois do creme frio, junte a manteiga cortada em pequenos cubos e bata, até ficar um creme leve e fofo.
Prepare agora o creme de chocolate, colocando o chocolate em pedaços, o leite e a manteiga numa tigela e levando ao micro-ondas para derreter, mexa depois até ficar um creme liso.
Para começar a montagem do bolo, coloque-o o bolo já frio, num prato de servir e em volta um aro.
Pincelar o bolo generosamente, com a calda.
Vazar o creme mousseline sobre o bolo e alisar, levar ao frio por meia hora e depois espalhar o chocolate derretido, alisar e depois com um garfo, dar o aspeto ondulado.
Levar ao frigorífico, durante umas horas, até ficar firme.


 

Papinha Doce Template by Ipietoon Cute Blog Design